Leo Dias diz que fazer fofoca de políticos é mais difícil: ‘Muitos interesses’

Em entrevista ao Morning Show, colunista disse que tenta adentrar submundo do Congresso Nacional para revelar, segundo ele, as ‘brigas conjugais, os filhos não assumidos ou assumidos e não revelados’

  • Por Jovem Pan
  • 24/07/2020 11h29 - Atualizado em 24/07/2020 13h26
Jovem PanLeo Dias foi o convidado do Morning Show desta sexta-feira (24)

Leo Dias até que tentou, mas ainda não conseguiu desbravar o mar das fofocas sobre os políticos. Em entrevista ao Morning Show, da Jovem Pan, ele disse que já descobriu algumas histórias a serem reveladas, mas tem encontrado dificuldade em adentrar o submundo do Congresso Nacional. “Eu descobri que é muito pior [dar fofocas sobre os políticos] porque são muito interesses. Eu não quero dar a cobertura do Congresso, mas sim o que acontece por fora, nos arredores do Parlamento. Vou atrás das brigas conjugais, dos filhos não assumidos ou assumidos e não revelados”, disse no programa desta sexta-feira (24).

O colunista sobre famosos já adiantou que descobriu fofocas até de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). “É um poder que estou tentando entrar e está difícil. Mas já descobri algumas histórias que precisam ser reveladas”, atiçou.

Leo Dias, que fez até Power Point para ilustrar as traições de Arthur Aguiar com Mayra Cardi, filosofou que a quarentena tem colocado bastante pauta para os fofoqueiros de plantão. “É um momento em que as pessoas estão mais em contato umas com as outras, as brigas vão estar mais presentes dentro de casa, por isso já vimos algumas separações e vamos ver mais”, explicou.

Leo Dias x Anitta

Sem dar muitos detalhes, Leo Dias contou que irá processar a cantora Anitta civil e criminalmente. Dias, que se dizia amigo da funkeira e até escreveu a biografia dela, rompeu publicamente com Anitta neste ano. Em maio, a cantora acusou Leo Dias de ameaçá-la em diversas ocasiões. Ele negou todas as acusações e, atualmente, evita soltar notícias sobre a funkeira. “Eu decidi processá-la no âmbito civil e criminal, serão dois processos. Um por injúria, calúnia e difamação, e outro por todos os danos materiais que tive [com as acusações dela]”, disse Dias.