Ana Paula: Brasil não é campeão em mortes, como diz Renan, mas em políticos corruptos

Reclamações do relator da CPI da Covid-19 sobre realização da Copa América no Brasil foram tema de debate no programa ‘Os Pingos Nos Is’

  • Por Jovem Pan
  • 01/06/2021 20h01 - Atualizado em 01/06/2021 21h01
Jefferson Rudy/Agência SenadoSenador criticou realização da Copa América no Brasil

O relator da CPI da Covid-19, Renan Calheiros, declarou durante fala na comissão nesta terça-feira, 1º, que a realização da Copa América no Brasil será “o campeonato da morte”. O senador criticou o governo de Jair Bolsonaro por apoiar a competição e se dirigiu ao jogador Neymar durante a fala: “Não concorde com a realização dessa Copa América no Brasil. Não é esse o campeonato que nós precisamos agora disputar. Nós precisamos disputar o campeonato da vacinação”, pediu Calheiros, afirmando que o Brasil é um dos campeões de morte por Covid-19 no mundo e alertando para uma terceira onda da doença no país. Após um dia de polêmicas envolvendo o anúncio da realização do evento no país, o presidente confirmou durante evento também nesta terça a realização da copa, marcada para o mês de junho. Quatro das cinco sedes foram divulgadas: Brasília, Mato Grosso, Goiás e Rio de Janeiro. Inicialmente, o campeonato seria realizado na Colômbia, que desistiu da competição por causa de uma crise política; os jogos foram transferidos para a Argentina, que se recusou a receber a competição por causa da crise da Covid-19.

A comentarista do programa “Os Pingos Nos Is”, da Jovem Pan, Ana Paula Henkel, criticou a “seletividade” e a hipocrisia com a qual as pessoas reclamam do coronavírus no Brasil. “O vírus só ataca na Copa América. Ele não ataca no Brasileirão, nos 27 Campeonatos Estaduais, nas Eliminatórias, na Libertadores. É um vírus que escolhe o campeonato que vai contagiar as pessoas, assim como as manifestações de rua”, ironizou. A comentarista criticou a grosseria do senador Rogério Carvalho (PT-SE) ao falar com a médica Nise Yamaguchi na CPI da Covid-19 e lembrou de uma condenação ordenada pela Justiça de Sergipe contra ele em 2019 por atos de improbidade administrativa cometidos em 2007 quando ele era gestor da área da Saúde. “O senador Renan Calheiros fala do campeonato das mortes, que o Brasil será o campeão das mortes, o Brasil na verdade é o campeão dos políticos corruptos”, afirmou.

Confira o programa “Os Pingos Nos Is” desta terça-feira, 1, na íntegra: