Leo Dias: Especialista diz que surtos de Jojo e Raissa na Fazenda são falsos

Ricardo Ventura, do canal ‘Não Minta para Mim, analisou brigas mais recentes das peoas e duvidou de muita coisa que viu

  • Por Jovem Pan
  • 02/10/2020 12h53 - Atualizado em 02/10/2020 13h00
Imagens: Reprodução/Record Montagem: Jovem PanBriga após a formação da última roça terminou com banho de creme e garrafa martelada

O especialista em linguagem corporal Ricardo Ventura, do canal “Não Minta para Mim”, avaliou as atitudes de alguns participantes de A Fazenda 12 no Tô na Pan desta sexta-feira (2). Leo Dias e Ligia Mendes questionaram Ventura sobre os surtos protagonizados por Jojo Todynho e Raissa Barbosa, que movimentaram a casa após a formação da última roça. Na confusão, a funkeira descontou a raiva usando um martelinho contra uma garrafa, enquanto a ex-vice Miss Bumbum tacou creme na cara de Biel, Cartoloco e Juliano. “O primeiro pode até ter sido [real] porque saiu do zero 0 para a explosão, isso é surto. Você está ali e, de repente, explode”, afirmou Ventura sobre a primeira briga de Raissa.

Analisando a sequência desde o início, o youtuber disse que Jojo roubou a atenção para si enquanto as meninas conversavam sobre a roça de propósito. “A Jojo passa e dá uma olhada para elas, olha fixamente pro grupo, ou seja, estava mapeando a sala para ir no melhor lugar”, disse. Ventura ainda comentou que é da personalidade da cantora ser o centro das atenções. “Ela causa com o corpo, com a voz, a fisionomia. Quando ela fala ‘estou nervosa, vou explodir’, ali também não tem surto nenhum. Ali ela está sendo a Jojo, uma persona que tem que ser a estrela de onde estiver.”

Quando Jojo interrompeu a conversa para pegar um martelinho e bater numa garrafa na cozinha, os demais peões deixaram o quarto para ver o que está acontecendo. Pelas imagens, Ventura constatou que Raissa foi a última a sair. “Enquanto está todo mundo olhando [a Jojo], ela põe a mão no queixo e vai pegar o creme. Foi de caso pensado. O surto é quando você para e fala ‘meu Deus, o que fiz, eu saí de mim’.”

Vej ao Tô na Pan na íntegra: