Marido de Paulo Gustavo publica foto de ‘Dona Hermínia’ em homenagem ao Dia das Mães

A personagem é uma das principais criações do humorista, que faleceu na última terça-feira, 4; ‘Representou pra mim um pãe tão atencioso, carinhoso e dedicado’, escreveu Thales Bretas no post

  • Por Jovem Pan
  • 09/05/2021 13h59 - Atualizado em 09/05/2021 14h11
Reprodução / Instagram / Thales BretasNa imagem, Paulo Gustavo amamentava Gael, um dos filhos, no set de filmagem

O marido de Paulo Gustavo, o dermatologista Thales Bretas, prestou homenagem ao Dia das Mães em seu perfil nas redes sociais, neste domingo, 9, ao publicar uma foto de ‘Dona Hermínia’, uma das principais personagens do humorista, que faleceu na última terça-feira, 4, por complicações da Covid-19. Na imagem, Paulo Gustavo, caracterizado, amamentava um de seus filhos no local de gravação do filme. “As duas maiores mães da minha vida! A primeira é a maior do Brasil. Mas representou pra mim um ‘pãe’ tão atencioso, carinhoso e dedicado”, Thales escreveu . Na mesma publicação, também aproveitou para homenagear sua mãe, por meio de uma foto de quando ela conheceu os netos. “Como vc foi sempre presente e amorosa todo o tempo comigo! Tenho certeza que deu tudo o q pode. Te amo!! Amo vcs pra sempre!!!”, disse no post.

No último sábado, 8, a mãe de Paulo Gustavo, Déa Lúcia Vieira Amaral, se manifestou pela primeira vez nas redes sociais após a morte do filho. Na publicação, ela agradeceu aos seguidores pelas mensagens de apoio e pediu que todos usassem máscaras. “Eternamente agradecida a todos pelas orações e carinho com a minha família. Que Jesus abençoe a cada um de vocês. Usem máscara”. Também no post, ela citou uma das frases mais conhecidas do humorista. “Contra o preconceito, a intolerância, a mentira e a tristeza já existe vacina. É o afeto, é o amor. Então diga o quanto você ama a quem você ama. Mas, não fique só na declaração, ame na prática”. Paulo Gustavo foi cremado na última quinta-feira, 6, em cerimônia estrita a familiares e amigos próximos.

O artista estava internado desde o dia 13 de março e, nesse período, precisou passar por vários tipos de tratamentos e cirurgias. No CTI, ele fez uso de ventilação mecânica e foi submetido a uma terapia por ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), que funciona como um pulmão artificial. Com os tratamentos, ele acabou perdendo sangue e também precisou de uma transfusão. A equipe médica que acompanhou o caso de perto em um hospital particular do Rio de Janeiro informou após o falecimento que estava “profundamente consternada e solidária ao sofrimento de todos”. A morte do intérprete de Dona Hermínia deixou o Brasil em luto. O ator foi homenageado por artistas e fãs de todo o país.