Taylor Swift conta que não estava preparada para ser amiga de Kanye West

  • Por Jovem Pan
  • 04/08/2015 19h06
Divulgação<p>Taylor Swift abre o jogo para a 'Vanity Fair'</p>

Capa da edição de setembro da revista ‘Vanity Fair’, a cantora Taylor Swift não desconversaou quando lhe perguntaram sobre algumas questões pessoais, como o fato de algumas de suas amigas já terem namorado as mesmas pessoas (incluindo ela mesma, que já namorou com Joe Jonas, atual de Gigi Hadid).

“Temos meninas em nosso grupo que já namoraram as mesmas pessoas. É como se a irmandade estivesse no lugar muito mais alto na nossa lista de prioridades, o que deixa isso muito mais importante do que um namoro que não deu certo”, desabafou a cantora. Ou seja, nem Joe Jonas nem ninguém é tão poderoso assim (provando a união que Taylor das mulheres sempre defende).

Entretanto, apesar de interessante, esse não era o foco da entrevista. Depois de causar na indústria da música ao retirar toda a sua discografia do Spotify e escrever uma carta à Apple para que a empresa remunerasse os artistas por disponibilizares seus singles, ela se tornou uma das grandes defensoras dos direitos autorais.

“Escrevi uma carta lá pelas quatro da manhã. Os contratos tinham acabado de chegar para os meus amigos e eu os vi. Algumas vezes eu acordo no meio da madrugada para escrever uma música e não consigo dormir até terminá-la. Foi assim com a carta depois que li o termo ‘zero por cento de compensação para os donos dos direitos’”, contou Taylor. “Meu medo era ser vista como alguém que só reclama e choraminga sobre uma coisa que ninguém mais está reclamando”, desabafou ainda a cantora.

“Eu a li para a minha mãe – ela sempre será quem eu consulto – e disse que tinha medo, mas precisava dizer isso”, contou a cantora, que ainda revelou ter sido surpreendida pela reação da Apple. “A Apple me tratou como se eu fosse a voz de uma comunidade criativa que eles realmente se importam”, disse.

Ainda na entrevista, ela falou sobre a eterna polêmica que cerca o VMA de 2009, quando ganhou o prêmio de Vídeo do Ano com o clipe de ‘You Belong With Me’ e o rapper Kanye West não concordou com os jurados. Enquanto ela estava no palco, ele interrompeu Taylor no meio de seu discurso para dizer que seu vídeo com Beyoncé, da música ‘Ego’, era o melhor de fato. Entretanto, hoje em dia eles se consideram amigos.

“Acho que não estava preparada para ter algum tipo de amizade com Kanye até que ele respeitasse minha música, e acho que ele também não estava pronto para ser meu amigo enquanto não tivesse respeito pelo que faço. Era o mesmo problema, e o resolvemos ao mesmo tempo. Eu fiquei amiga do Jay Z e era importante para ele que eu e Kanye nos tornássemos amigos. Nós chegamos a um ponto em que ele pode realmente dizer coisas boas sobre minha música, e eu posso perguntar como sua filha está”, revelou a cantora.