Com tabus e novidades, Ceni e São Paulo iniciam, contra o Ceará, a jornada pelo título que lhes falta

  • Por Jovem Pan
  • 19/08/2015 19h32
Rogério Ceni e o São Paulo nunca conquistaram a Copa do Brasil

O São Paulo estreia na Copa do Brasil 2015 nesta quinta-feira (20), no Morumbi, diante do Ceará. Como participou da Libertadores, o clube começará já nas oitavas de final a sua jornada rumo ao único título de grande expressão que falta – sem contar o outro grande atrativo, que é a vaga para a Liberta de 2016. Mas não é só o tabu que chama a atenção no confronto. Confira, na lista abaixo, outros motivos para ficar ligado no jogo.

O título que falta a Rogério Ceni

Com uma carreira inteira dedicada ao Tricolor, Rogério Ceni já conquistou todos os títulos possíveis: Campeonato Paulista, Campeonato Brasileiro, Copa Sul-Americana, Libertadores, Mundial de Clubes… Na verdade, todos menos um. O “M1to” nunca venceu a Copa do Brasil, troféu que falta para completar sua coleção. Será que ele virá justamente no último ano da carreira do goleiro? A jornada são-paulina no torneio começa nesta quinta, diante do Ceará.

Agora vai?

Não é só Rogério Ceni que nunca levantou um troféu de Copa do Brasil: em toda a sua história, o São Paulo ainda não venceu o torneio nacional. Entre os rivais paulistas, é o único a não ter este título. A vez em que passou mais perto disso (e põe perto nisso!) foi em 2000, quando, após empatar por 0 a 0 no Morumbi, perdeu para o Cruzeiro no Mineirão por 2 a 1, de virada, sendo que vencia até os últimos minutos de jogo.

O primeiro teste do “Rei das Copas” no São Paulo

Se o São Paulo carrega a sina de nunca ter vencido a Copa do Brasil, também tem um retrospecto a seu favor, mais especificamente no banco de reversas. Antes de chegar ao Morumbi, o técnico Juan Carlos Osorio conquistou muitos títulos no Atlético Nacional, da Colômbia. Entre eles estão a Copa da Colômbia em 2012 e 2013, conquista até então inédita para o clube, e a Supercopa da Colômbia de 2012. Por esses feitos, recebeu da torcida o apelido de “Rei das Copas”. Diante do Ceará, o colombiano fará sua primeira partida de mata-mata pelo Tricolor.

A sequência de eliminações para times menores

Nas últimas três vezes em que disputou a Copa do Brasil, o São Paulo foi eliminado por times de menor expressão. Em 2011, o Avaí, depois de empatar em 1 a 1 no Morumbi, venceu por 3 a 1 na Ressacada e se classificou para a semifinal da competição. Um ano depois, foi a vez do Coritiba aprontar para cima do Tricolor e impedir um Choque-Rei na final: vitória por 2 a 0 no Paraná após triunfo por um gol, de Lucas, do São Paulo na ida. Finalmente, em 2014, pela terceira fase, o Bragantino venceu por 3 a 1 no Morumbi após perder em Ribeirão Preto por 2 a 1. Será que o azarão vai surpreender novamente?

A (possível) estreia de Wilder Guisao

O meia-atacante colombiano foi contratado junto ao Toluca, do México, no fim de julho. No entanto, ainda não fez sua estreia pelo Tricolor, pois estava fazendo uma espécie de “pré-temporada” para entrar em forma. E parece que chegou a hora. A previsão é de que, diante do Ceará, Wilder Guisao dispute sua primeira partida oficial pelo novo clube. Uma ótima chance para conhecer o reforço que veio suprir as saídas de Jonathan Cafu e Ewandro.