Juventus pode se desfazer de CR7 devido à pandemia do novo coronavírus

  • Por Jovem Pan
  • 31/03/2020 09h37
Alessandro Di Marco/EFECristiano Ronaldo se lamentando durante partida da Juventus

A pandemia do novo coronavírus pode fazer com que Cristiano Ronaldo deixe a Juventus na próxima janela de transferências. De acordo com o diário “Il Messagero”, em matéria publicada nesta terça-feira (31), a “Velha Senhora” vive situação financeira delicada em meio à paralisação do futebol e terá que tomar medidas drásticas para evitar uma crise.

Segundo o jornal italiano, a medida da Juventus em reduzir o salário de seus funcionários durante a paralisação não é suficiente. Assim, a diretoria bianconera começa a planejar o futuro de Cristiano, craque do time que tem os vencimentos mais altos do plantel.

A “Juve” trabalha com três possibilidades neste momento. A primeira seria vender Cristiano Ronaldo por, no mínimo, 70 milhões de euros (quase R$ 400 milhões, na cotação atual). Vale lembrar que o clube pagou 100 milhões de euros para tirar o astro do Real Madrid, em 2018.

Uma outra alternativa da Juventus seria não renovar o contrato de CR7, que tem vínculo com a Juventus até junho de 2022. Desta forma, o time não teria que pagar mais do que o planejado ao português.

Já a última ideia dos mandatários da Velha Senhora seria tentar prolongar o contrato de Cristiano por uma temporada, mas reduzindo o salário do jogador, que recebe cerca de 30 milhões de euros por ano e está entre os futebolistas mais bem remunerados do mundo.

Antes da suspensão do futebol, Cristiano Ronaldo havia realizado 32 partidas oficiais com a Juve na temporada, anotando 25 gols e 4 assistências.