Libertadores: Veja os destaques, os desfalques e como Palmeiras e Flamengo vão chegar para a final

Faltando uma semana para a grande decisão, paulistas e cariocas planejam os últimos dias e tentam tranquilizar ambiente; Raphael Veiga e Michael se apresentam como candidatos a protagonistas

  • Por Jovem Pan
  • 20/11/2021 08h00
Montagem sobre fotos: AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO e LDG NEWS/ESTADÃO CONTEÚDOAbel Ferreira e Renato Gaúcho se encontraram na final da Libertadores entre Palmeiras e Flamengo

Palmeiras e Flamengo estão fazendo uma espécie de contagem regressiva para a final da Copa Libertadores da América, marcada para o próximo sábado, 27, no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai. A uma semana da grande decisão, entretanto, nem tudo são flores, seja na Academia de Futebol ou na Gávea. Abel Ferreira, técnico do Alviverde, viu a pressão aumentar após as derrotas diante de Fluminense e, principalmente, para o rival São Paulo. Já Renato Gaúcho, além de não contar com o apoio irrestrito da nação rubro-negra, pode ter baixas importantes para o duelo derradeiro. Abaixo, a Jovem Pan mostra a situação dos rivais a sete dias da final.

Oscilação

Paulistas e cariocas oscilaram bastante desde que a final da Libertadores foi definida, em 29 de setembro. Instável, o Alviverde chegou a ficar quatro jogos sem sentir o gosto da vitória, sendo derrotado por América-MG e RB Bragantino, somados aos empates com Juventude e Bahia. Na segunda quinzena de outubro, entretanto, o Verdão embalou, conseguindo seis vitórias consecutivas no torneio nacional. A sequência foi interrompida justamente nas últimas duas partidas, com resultados negativos contra Fluminense e São Paulo.

O Rubro-Negro, por sua vez, viveu um processo inverso. Empolgado com a classificação para final da Libertadores, o Flamengo conquistou uma invencibilidade de seis jogos no Brasileiro, mas viu o ritmo cair justamente na semifinal da Copa do Brasil, quando foi eliminado pelo Athletico-PR, em pleno Maracanã. Apesar da enorme pressão sobre Renato Gaúcho, o time carioca demonstrou poder de reação, vencendo o líder Atlético-MG e embalando mais sete partidas sem perder. O último confronto foi a vitória sobre o Corinthians por 1 a 0, com gol de Bruno Henrique.

Os destaques

Raphael Veiga carrega bola durante partida entre Palmeiras e Bahia

Raphael Veiga carrega bola durante partida entre Palmeiras e Bahia

No título da Libertadores da América de 2019, o Flamengo conquistou uma virada improvável sobre o River Plate nos minutos finais, com dois gols de Gabriel Barbosa, um dos principais nomes daquele grupo treinado por Jorge Jesus. No ano seguinte, Breno Lopes foi o herói improvável, marcando já nos acréscimos contra o Santos e dando o bicampeonato ao Palmeiras. Antes de a bola rolar para final da edição 2021, Raphael Veiga e Michael são os favoritos ao posto de protagonista. O meio-campista palmeirense, nos últimos 10 jogos, foi responsável por anotar 6 gols e 1 assistência. Para efeito de comparação, no mesmo recorte, o atacante flamenguista balançou as redes 7 vezes e também deu um passe para gol.

Possíveis desfalques 

Bruno Henrique marcou o gol da vitória do Flamengo sobre o Corinthians

Bruno Henrique marcou o gol da vitória do Flamengo sobre o Corinthians

O Flamengo é quem mais pode ter problemas para a final. Rodrigo Caio, com edema na panturrilha, voltou aos treinos, mas ficará sob observação para enfrentar o Palmeiras durante a próxima semana. De Arrascaeta, fora dos gramados desde o começo de outubro devido a uma lesão muscular na coxa direita, iniciou processo de transição física e não está garantido na decisão da Libertadores. Quem também virou preocupação foi o atacante Bruno Henrique, que sofreu uma tendinite no joelho na vitória contra o Corinthians, na última quarta-feira. Mesmo se o trio se recuperar, o Rubro-Negro teme que falte ritmo contra o Alviverde. Abel Ferreira, por sua vez, deve ter problema apenas na lateral direita. Suspenso, Marcos Rocha dará lugar a Mayke ou Gabriel Menino.

Tensão 

Os dois finalistas não podem dizer que chegam à final da Libertadores em um ambiente tranquilo. Com chances pequenas de ganhar o Campeonato Brasileiro e fora da decisão da Copa do Brasil, Palmeiras e Flamengo têm a competição sul-americana como chance de “salvar a temporada”. No Alviverde, Abel Ferreira chegou a sofrer críticas da Mancha Verde, uma das principais organizadas, por perder o clássico contra o São Paulo e “errar” no planejamento para o momento importantíssimo. Já a diretoria flamenguista, após bancar Renato Gaúcho no cargo em alguns momentos, está preocupada. Rodrigo Dunshee de Abranches, vice-presidente geral do clube, chegou a pedir para a torcida se unir e não acreditar em “fake news”.

Próximos jogos

Sem ambições no Brasileirão, Palmeiras e Flamengo voltam a campo mais duas vezes antes de embarcar rumo ao Uruguai. Neste sábado, 20, o Alviverde visita o Fortaleza, enquanto o Rubro-Negro encara o Internacional, no Rio Grande do Sul. Na terça-feira, 23, o Palestra recebe o Atlético-MG, no Allianz Parque, em partida que pode sacramentar o título do Galo. No mesmo dia, o conjunto carioca pega o Grêmio, novamente em Porto Alegre. A expectativa é que Abel Ferreira escale o time titular somente contra os cearenses, enquanto Renato Gaúcho deve manter uma equipe mista contra os gaúchos.