Técnico do Brasil elogia equipe apesar de derrota: “fizemos um jogo completo”

  • Por EFE
  • 17/01/2015 17h08
CBH/Divulgação Felipe Ribeiro vai bem em derrota do Brasil para a Espanha

Embora a seleção brasileira tenha sofrido a segunda derrota em dois jogos no Mundial masculino de handebol, desta vez para a Espanha por 29 a 27, o técnico da equipe, Jordi Ribera, elogiou a atuação de seus comandados diante da atual campeã do torneio.

“Estou muito contente com a atuação da equipe. Fizemos um jogo muito completo em todos os aspectos. No ataque, criamos várias boas chances de gol, e na defesa complicamos muito a vida de um adversário como a Espanha. A única coisa ruim é que no final deixamos a quadra sem nenhum ponto”, analisou o treinador espanhol.

Ribera atribuiu o revés à grande atuação do goleiro adversário, José Sierra, principalmente na parte final do confronto. “Ele foi fundamental. A meta espanhola esteve muito bem defendida, principalmente nos últimos dez minutos”, considerou.

Com a derrota, o Brasil vai vendo as chances de classificação para as oitavas de final diminuírem, já que estreou perdendo para o Catar, anfitrião do Mundial.

“Após dois jogos, continuamos sem pontos, e agora temos que ganhar três finais contra Belarus, Eslovênia e Chile para cumprir nosso objetivo, que é passar para as oitavas”, destacou.

Outro que viu com bons olhos a atuação da seleção foi o goleiro César Bombom, que acredita que a equipe surpreendeu o público no Duhail Handball Sports Hall, em Doha.

“Todos os torcedores pensavam que a Espanha venceria facilmente, mas jogamos muito bem e a obrigamos a sofrer até o final. Uma pena que nesses últimos minutos não conseguimos resistir um pouco mais. Apesar da derrota, temos que estar muito contentes com a imagem que demos”, comentou Bombom, cuja atuação também foi bastante destacada positivamente.