Rebeca Andrade será a porta-bandeira do Brasil na cerimônia de encerramento da Tóquio-2020

Assim, a atleta de 22 anos e seu treinador, Francisco Porath, serão os únicos da delegação da Ginástica Artística a permanecer na capital japonesa até o final de semana

  • Por Jovem Pan
  • 04/08/2021 07h41 - Atualizado em 04/08/2021 07h47
Miriam Jeske/COB Rebeca Andrade é a 32ª atleta brasileira a ganhar a medalha de ouro em Olimpíadas Rebeca Andrade ganhou duas medalhas nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Rebeca Andrade fará uma despedida dos Jogos Olímpicos de Tóquio em grande estilo. Medalha de ouro no salto da ginástica e de prata no individual geral, a ginasta será a porta-bandeira do Brasil na cerimônia de encerramento das Olimpíadas, marcada para este sábado, 7, a partir das 8 horas (de Brasília). Assim, a atleta de 22 anos e seu treinador, Francisco Porath, serão os únicos da delegação da Ginástica Artística a permanecer na capital japonesa até o final de semana. Ontem, a equipe fechou a participação com o sétimo lugar de Flávia Saraiva na trave.

Primeira ginasta brasileira a subir ao pódio em Jogos, Rebeca Andrade também entrou na história ao ser a única brasileira a ganhar duas medalhas em uma edição de Olimpíadas. Além de encantar no ginásio, a paulista deu um show carisma e humildade durante sua passagem pelo Japão. Ela, agora, irá participar do tradicional Desfile das Nações do encerramento. A cerimônia, segundo o Comitê Organizador, terá como tema o “Mundos que compartilhamos”, abordando a união, diversidade e inclusão com a proximidade dos Jogos Paraolímpicos.

Confira AQUI o quadro de medalhas em tempo real