BC adia lançamento da segunda fase do open banking para agosto

Início da nova etapa estava previsto para esta quinta-feira, 15; mudança atende a pedido dos bancos

  • Por Jovem Pan
  • 14/07/2021 11h50
Adriano Machado/ReutersAutoridade monetária sinalizou para elevação dos juros para acima do nível neutro, considerado em 6,5% ao ano

O Banco Central (BC)  anunciou nesta quarta-feira, 14, que vai adiar o lançamento da segunda fase do open banking para 13 de agosto. A abertura do sistema estava prevista para esta quinta-feira, 15. A etapa envolve o compartilhamento de dados cadastrais e transacionais de clientes. Em nota, a autoridade monetária nacional afirmou que a mudança atende a pedido dos bancos, que ainda não concluíram os testes para a obtenção de certificações para homologação e registro de APIs, como são chamados os padrões de programação das plataformas. “O Banco Central reforça o seu compromisso para que o open banking alcance os seus objetivos, no caso de maior concorrência, eficiência do sistema financeiro e inclusão financeira da população, permanecendo vigilante no processo de implementação, não economizando esforços para isso”, informou o BC.

O open banking integra a agenda de modernização do Banco Central e foca na criação de novos canais de comunicação e acesso a serviços financeiros. A primeira fase foi iniciada em fevereiro deste ano e teve como objetivo o compatilhamento de dados financeiros entre as instituições, aprovado previamente pelos clientes. Também conhecido como Sistema Finaceiro Aberto, o open banking permite que instituições autorizadas pelo BC troquem dados pessoais e bancários de clientes. Como mais bancos terão acesso ao histórico de correntistas, a tendência é que haja maior competição, mais opções para o consumidor buscar tarifas e condições vantajosas e menos burocracia.