Alemanha discute neste domingo lockdown rígido contra Covid-19

O país está há seis semanas em lockdown parcial, mas com o aumento de casos da doença, as medidas podem ficar mais rígidas nos próximos dias

  • Por Jovem Pan
  • 12/12/2020 18h37
Andreas Gora/EFEAngela Merkel é a chanceler da Alemanha

A chanceler alemã Angela Merkel discutirá com líderes neste domingo, 13, o aperto das restrições de bloqueio para conter um aumento nas infecções por Covid-19, com o fechamento de escolas e lojas. A Alemanha está em lockdown parcial há seis semanas, com bares e restaurantes fechados. Algumas regiões já impuseram medidas mais duras. As discussões de amanhã verificarão, dentre outros temas, se as lojas devem ser fechadas antes do feriado de Natal e o momento da mudança. “Devemos tomar medidas nos próximos dias que são de muito longo alcance e muito contundentes”, disse o ministro das Finanças alemão, Olaf Scholz, a membros de seu partido social-democrata em um evento online.

A Alemanha, que tem a maior economia da Europa, teve mais sucesso do que muitos países europeus em manter a pandemia sob controle na primeira onda, em março e abril. Mas tem lutado para virar a maré na segunda onda da doença, com o que foi apelidado de lockdown lite (confinamento leve). Novas infecções diárias subiram para 28.438, enquanto o número de mortes por dia foi para 496, mostram dados do Instituto Robert Koch (RKI) para doenças infecciosas.

*Com informações da Agência Brasil