Joe Biden anuncia novas nomeações para cargos na Casa Branca

Projetado pela mídia norte-americana como novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden continua com transição de poder apesar de Donald Trump continuar se considerando o vencedor

  • Por Jovem Pan
  • 17/11/2020 17h44
EFE/EPA/JIM LO SCALZOAlém de Joe Biden, também foram nomeadas as pessoas que trabalharão diretamente com a primeira-dama Jill

Nesta terça-feira, 17, Joe Biden anunciou novas nomeações para cargos importantes na Casa Branca. Projetado pela mídia norte-americana como presidente eleito desde o dia 7, o democrata está enfrentando a recusa de Donald Trump em reconhecer a sua derrota, sob a alegação de que houve fraude eleitoral. Ainda assim, na semana Biden já tinha afirmado que Ron Klain seria o seu chefe de gabinete. O governo Trump, em contrapartida, preparava o orçamento do próximo ano fiscal como se a reeleição já tivesse sido confirmada. Ignorando a questão, o democrata anunciou Cedric Richmond como conselheiro sênior e diretor do Escritório de Participação Pública e Jen O’Malley Dillon como subdiretora de pessoal. Julie Rodriguez será a diretora do Escritório de Assuntos Intergovernamentais e Annie Tomasini, diretora de operações da Sala Oval. A única nomeação provavelmente controversa é a de Steve Ricchetti como conselheiro, já que ele possui histórico como lobista.

Com a primeira-dama, trabalharão Anthony Bernal, escolhido para o posto de assessor principal, e Julissa Reynoso, nomeada chefe do gabinete de Jill. Em comunicado, a campanha de Joe Biden afirmou que “estas pessoas diversas, experientes e talentosas demonstram o compromisso do presidente eleito Biden em construir um governo que se pareça com os Estados Unidos“. Neste domingo, 15, o ex-presidente Barack Obama descartou a possibilidade de ter um cargo na Casa Branca nos próximos anos, apesar de se comprometer a ajudar o seu colega democrata no que for necessário.

*Com informações da EFE