Policiais ficam feridos em protesto anti-lockdown em Londres e três são presos

Manifestantes se concentraram em frente às Casas do Parlamento pedindo liberdade e fim da vacinação

  • Por Jovem Pan
  • 26/06/2021 22h02 - Atualizado em 27/06/2021 11h01
Reprodução/ vídeo no Twitter @TheNewsHound3Manifestantes se concentraram na frente das Casas do Parlamento

Um grande protesto anti-lockdown e antivacina aconteceu neste sábado, 26, em Londres, na Inglaterra, e terminou com três pessoas presas e três policiais feridos. Os manifestantes atiraram centenas de bolas de tênis contra as Casas do Parlamento e algumas delas tinham mensagem de “vergonha” pelas medidas de restrição adotadas pelo governo para frear a disseminação da Covid-19 no país. Sinalizadores também foram usados. De acordo a Polícia Metropolitana, os manifestantes foram presos por violação da paz e agressão à polícia, além de serem procuradas por agressões anteriores. Os policias tiveram ferimentos leves. Em entrevista ao jornal ‘The Guardian’, um dos manifestantes, Iain McCausland, explicou os motivos para os protestos. “O principal motivo de estar aqui é porque sinto que esse bloqueio veio à custa de nossa liberdade e direitos. Nossa liberdade de reunir-se, nossa liberdade de viajar e trabalhar. Estou realmente muito zangado com o governo, então estão todos aqui”, disse. No último final de semana vários protestos ocorreram na cidade e, ao todo, 12 pessoas foram presas.