Fora da agenda, Bolsonaro organiza reunião ministerial sem Mourão em Brasília

Estiveram presentes 22 dos 23 ministros do governo; Fábio Faria, que no Japão, não compareceu

  • Por Jovem Pan
  • 09/02/2021 14h48 - Atualizado em 09/02/2021 15h21
GABRIELA BILó/ESTADÃO CONTEÚDOO vice-presidente, general Hamilton Mourão, e o presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro organizou nesta terça-feira, 9, uma reunião ministerial sem a presença de seu vice Hamilton Mourão. O encontro, que inicialmente não constava em sua agenda oficial, aconteceu às 8h da manhã, no Palácio do Planalto. Agora, no site do Planalto, aparece um evento nomeado de “Reunião com Ministros de Estado”, sem mais detalhes. Segundo informações de Secretaria de Comunicação da Presidência de República, estiveram presentes 22 dos 23 ministros do governo Bolsonaro. O ministro da Comunicação, Fábio Faria, é o único que não está na lista. Nesta terça, o ministro está cumprindo agenda no Japão.

Bolsonaro e Mourão vivem uma relação permeada por desentendimentos públicos. No último desentendimento, o presidente demonstrou irritação com o vice-presidente, que afirmou que, depois da eleição da Câmara e Senado, o governo poderia ser reorganizado e o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, ser demitidoApós fala de Mourão, o presidente, mais uma vez, afirmou que é ele quem nomeia e demite ministros e que, nesse momento, a última coisa que o governo precisa é de ‘palpiteiros” para desestabilizar a equipe. “Toda semana recebo da mídia informações tentando sempre semear a discórdia no nosso governo. Lamento que gente do próprio governo passe a dar palpites no tocante a troca de ministros”, disse. O vice fez um aceno ao chefe ao exonerar o chefe da Assessoria Parlamentar da Vice-Presidência da República, Ricardo Roesch Morato Filho, que tentou articular um eventual impeachment do presidente Bolsonaro.

Lista de presentes na reunião:

  • André Mendonça, ministro da Justiça e Segurança Pública

  • Braga Netto, ministro da Casa Civil

  • Fernando Azevedo, ministro da Defesa

  • Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores

  • Paulo Guedes, ministro da Economia

  • Tarcísio de Freitas, ministro da Infraestrutura

  • Tereza Cristina, ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

  • Milton Ribeiro, ministro da Educação

  • Onyx Lorenzoni, ministro da Cidadania

  • Eduardo Pazuello, ministro da Saúde

  • Bento Albuquerque, ministro das Minas e Energia

  • Marcos Pontes, ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações

  • Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente

  • Gilson Machado, ministro do Turismo

  • Rogério Marinho, ministro do Desenvolvimento Regional

  • Wagner Rosário, controlador-Geral da União

  • Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

  • Pedro César Sousa, secretário-Geral da Presidência da República interino

  • Luiz Eduardo Ramos, secretário de Governo

  • Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional

  • José Levi, advogado-Geral da União

  • Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central do Brasil