A dois dias do pleito, brasileiros ainda mostram questionamentos quanto ao processo eleitoral

  • Por Jovem Pan
  • 05/10/2018 07h28
José Cruz/Agência BrasilDados do Cadastro Eleitoral mostram que a maior parte do eleitorado brasileiro é feminino. Ao todo, são mais de 77 mil eleitoras, o que representa 52,5% do total

Há poucos dias das eleições, ainda restam algumas dúvidas sobre o processo eleitoral. O principal questionamento é quanto a segurança das urnas.

A estagiária Ana Beatriz não acredita 100% nas urnas. Ao contrário dela, o assistente administrativo Henrique Alves confia na eficiência do sistema de votação eletrônico.

O desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin, presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, assegurou que não existe a mínima possibilidade de fraude nas eleições.

Outras dúvidas comuns surgem por causa de informações falsas que circulam pelas redes sociais.

Uma delas é de que as urnas usadas no Brasil são fabricadas por uma empresa da Venezuela, mas isso é lenda. Tanto a urna quanto o sistema utilizado nela são desenvolvidos pelo próprio Tribunal Superior Eleitoral.

Vale lembrar também que nestas eleições, a sociedade escolhe seis políticos para cargos do Executivo e do Legislativo. São eles: Presidente da República, Governador, dois senadores, um deputado federal, que atua na Câmara dos Deputados em Brasília, e um deputado estadual, representante do povo na Assembleia Legislativa de cada Estado.

Há também a opção do voto em branco ou nulo. O nulo é quando se coloca um número que não corresponde a um candidato, então o voto acaba anulado. Já o voto em branco é quando a pessoa quer se omitir e usa a tecla “branco” da urna eletrônica.

Nas duas opções, o voto não vai para nenhum candidato.

A dica, para não se perder, é levar uma cola em papel, nada de usar celular. E sem “selfie” ou fotos durante a votação.

O presidente do TRE de São Paulo, Carlos Padin, explicou que fotografias podem comprometer o sigilo e ser usadas como comprovação de compra de votos.

Nestas eleições, mais de 147 milhões de eleitores estão aptos a ir às urnas no próximo dia 7. Esses cidadãos estão distribuídos pelos cinco mil quinhentos e setenta municípios do país, além de 171 localidades de 110 países no exterior.

Dados do Cadastro Eleitoral mostram que a maior parte do eleitorado brasileiro é feminino. Ao todo, são mais de 77 mil eleitoras, o que representa 52,5% do total.

A faixa etária com o maior quantitativo de eleitores é a que reúne cidadãos entre 45 e 59 anos de idade, pouco mais de 24% do eleitorado nacional.

Na sequência, estão os eleitores de 25 a 34 anos, que reúnem aproximadamente 21% do total de eleitores.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações da repórter Marcella Lourenzetto