Polícia faz novas buscas em imóveis de Nego do Borel em São Paulo e no Rio

Dois mandados foram cumpridos na manhã desta quinta-feira, 28, nas casas do cantor

  • Por Jovem Pan
  • 28/01/2021 09h50 - Atualizado em 28/01/2021 09h54
Reprodução/Instagram/negodoboreImóveis de Nego do Borel foram revistados pela Polícia Civil nesta quinta, 28

A Polícia Civil de São Paulo em parceria com a do Rio de Janeiro executou na manhã desta quinta-feira, 28, dois mandados de busca e apreensão nas propriedades do cantor Nego do Borel, isso após sua ex-namorada, a atriz Duda Reis, abrir um Boletim de Ocorrência contra o artista no dia 14 de janeiro, em São Paulo. Em nota enviada à Jovem Pan, a assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo informou: “O caso é investigado por meio de inquérito policial instaurado pela 2ª Delegacia de Defesa da Mulher. Após representação da autoridade policial, a Justiça expediu mandados de busca e apreensão, que foram cumpridos na manhã desta quinta-feira (28), por policiais da unidade em endereços do suspeito em São Paulo e no Rio de Janeiro, com auxílio da Polícia Civil daquele estado. Mais detalhes não serão passados, pois o caso segue sob sigilo”.

Os policiais estiveram na mansão do cantor localizada na zona Oeste do Rio e também no imóvel de São Paulo no qual ele estaria presente. Segundo divulgado pelo G1, os policiais teriam apreendido o passaporte de Nego do Borel, R$ 470 mil em espécie, além de telefones e computadores. Essa é a segunda vez que a polícia faz uma busca na casa do artista. Duda Reis acusa o cantor de ter sofrido agressão física e psicológica durante o tempo em que eles namoraram, mas o cantor nega. O caso ganhou repercussão nacional após vazar um áudio de Lisa Barcelos detalhando uma das traições do cantor. Depois disso, Duda passou expor o ex nas redes sociais, o caso foi parar na Justiça e ambos prestaram queixas. A atriz foi à delegacia acompanhada das advogadas criminalistas Izabella Borges e Gizelly Bicalho, e declarou estava sentindo um “misto de sentimentos”. Já Nego do Borel acusa a ex-namorada de calúnia, injúria e difamação. A Jovem Pan tentou contado com as assessorias dos envolvidos, mas não obteve retorno.