Liziane Gutierrez lamenta saída precoce de ‘A Fazenda 13’: ‘Esperavam que eu desse porrada na cara’

Primeira eliminada do reality confirma que vai processar Erasmo, revela seu maior arrependimento no jogo e dispara: ‘acho medíocre se afastar de alguém por medo de cancelamento’

  • Por William Amorim
  • 17/10/2021 08h00
Reprodução/Instagram/liziane_gutierrezLiziane Gutierrez foi a primeira participante de 'A Fazenda 13' eliminada pelo público

O vídeo da modelo Liziane Gutierrez gritando com policiais que acabaram com uma festa clandestina que aconteceu em São Paulo em meio à pandemia viralizou nas redes sociais e, quando foi anunciada em “A Fazenda 13”, parte do público esperava algumas atitudes mais agressivas da ex-peoa. Liz, no entanto, apareceu no jogo mais vulnerável e acabou sendo a primeira eliminada da edição. “Sei que as pessoas esperavam que eu entrasse diferente, que me dessem um bom dia e eu desse uma porrada na cara como resposta (risos), mas estava tentando ser justa comigo e com os outros. Eu não queria apontar o dedo na cara de ninguém”, comentou a artista em entrevista à Jovem Pan. Dentro da casa, Liziane se sentiu excluída e acredita que isso aconteceu por um pré-julgamento dos participantes. “A Marina, por exemplo, se afastou do Rico porque achou que ia se queimar. Se ela se afastou do próprio amigo dela, por que ela seria uma pessoa que supostamente entrou cancelada? Eu não falava isso na casa para não me fazer de vítima, mas acho um pensamento medíocre e ignorante se afastar de alguém com medo de cancelamento.”

O convite para participar do reality show da Record surgiu pouco depois de passar por uma cirurgia reparadora para retirar um produto que foi usado em excesso na sua harmonização facial. “Pensei que era meu pior momento para entrar por causa dessa cirurgia, mas prego tanto para as pessoas serem reais que eu não quis me esconder. Eu entrei para as pessoas me conhecerem, porque se eu for para ser odiada, quero que seja por quem eu sou e não por uma cena que as pessoas viram”, declarou a modelo, referindo-se ao vídeo em que gritou com policiais. O erro no procedimento estético de Liziane não passou despercebido e gerou comentários maldosos nas redes sociais. A equipe da modelo chegou a soltar uma nota de repúdio aos ataques virtuais enquanto ela ainda estava no jogo. “Tento lidar com isso há muito tempo e não vou negar que é uma montanha-russa de emoções. Em 90% do tempo, eu sou forte e consigo lidar muito bem, mas, às vezes, dá vontade de deitar na cama e só chorar. As pessoas são ruins e a gente tem dias e dias. É óbvio que em alguns momentos eu me sinto muito mal pelo que as pessoas fazem e por como são cruéis. Em breve, eu vou fazer uma cirurgia estética no meu rosto e mexer no meu nariz.”

“Um machista babaca”

Mesmo tendo uma rápida passagem pelo reality, Liziane enfatizou que não se arrependeu de ter encarado esse desafio. “Um dos poucos arrependimentos que eu tenho é não ter curtido a festa direito e de não ter uma posição diferente com o Erasmo. Não consegui reagir e sei que não agi daquela forma por mal, mas queria ter me posicionado pelas mulheres. Esse, na verdade, é um dos maiores arrependimentos da minha vida. Perdi a chance de colocar um machista no lugar dele”, falou. Em uma brincadeira de “Verdade ou Desafio?”, Erasmo Viana perguntou à Liziane se ela se masturbaria pensando em algum participante de “A Fazenda 13”. Além dessa situação, a modelo comentou que foi desrespeitada em outros momentos pelo ex-marido de Gabriela Pugliesi. “Lá dentro eu não consegui reagir e assistindo às imagens aqui de fora, eu vi que meu olhar era de uma pessoa acabada. Ele fez esse tipo de coisa com diversas meninas na casa. Para mim, ele vai sair canceladíssimo. Qualquer roça que ele for, ele sai. Os alvos dele são sempre mulheres. Eu cedi porque ele vinha, pedia desculpas, agia como se eu tivesse feito ele errar e continuava fazendo. Ele só cresce em cima de mulher, não vi até agora ele crescendo para cima de algum homem. Eu deveria ter me imposto, ele é um machista babaca”, afirmou. 

Liziane confirmou que vai processar Erasmo por essas atitudes e também Nego do Borel, por ter praticado bullying contra ela dentro da casa. “Terei que ir à delegacia em breve porque ficaram umas pendências da festa [clandestina] que eu fui, ainda não fui intimada [para depor], então quando eu for já quero resolver tudo, mas vou entrar com a ação com certeza. Se ele [Erasmo] não aprendeu até agora, ele vai aprender da forma que dói mais, pela Justiça.” A modelo também declarou que sua torcida é por Rico Melquiades e falou que se ainda estivesse na casa, seria contra o ‘grupão’, formado por Gui Araújo, Erasmo Viana, Arcrebiano, Marina Ferrari, Victor Pecoraro [recém-eliminado, Tati Quebra Barraco, MC Gui e Solange Gomes. “Eu andava com a Aline, a Dayane e o Rico, então só ia continuar na mesma. Acho que a Valentina dança conforme a música, talvez para o jogo dela seja bom. Sinto que ela vai para onde o fazendeiro está. Ela pode até ficar mais tempo no jogo com isso, mas não vejo ela como campeã”, comentou. Recentemente, a ex-assistente de palco do Ratinho enfrentou o ‘grupão’ pedindo para não ser julgada por celebrar a vitória de Dayane Mello na Prova do Fazendeiro. 

Posicionamento político

Além da confusão com os policiais na festa clandestina, Liziane já se envolveu em algumas polêmicas por expor seu posicionamento político nas redes sociais. Antes de entrar no reality, ela apagou do Instagram posts em que demonstrava apoio ao presidente Jair Bolsonaro e ao ex-presidente americano Donald Trump. A modelo negou que tenha tentado se isentar de questões políticas com receio da reação do público. “Nunca menti em relação a nada, não tenho medo de cancelamento. Eu já fui de extrema-direita, descobrindo algumas coisas. Conheci um político que eu super defendia e percebi que era outra coisa, então hoje em dia eu não vou defender quem eu não conheça. Eu me decepcionei muito com essa pessoa que é de direita e isso abriu meus olhos para muitas questões políticas. Não apaguei por causa do programa, eu resolvi me afastar da política. Hoje, não existe Liziane de direita, nem de esquerda, existe uma Liziane neutra”, falou a ex-peoa, que não quis revelar o nome do político ao qual se refere.