Bolsonaro diz que Michelle tomou vacina contra a Covid-19

Primeira-dama teria pedido a opinião do presidente sobre ser imunizada ou não; casal também debateu sobre a vacinação da filha Laura, de dez anos

  • Por Jovem Pan
  • 23/09/2021 22h25
Alan Santos/PRBolsonaro e a mulher, Michelle, debateram sobre imunização da filha de dez anos do casal, Laura

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou durante sua live semanal que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, recebeu uma dose de vacina contra a Covid-19. Bolsonaro, que diz ainda não ter se vacinado, contou que a esposa teria lhe questionado se deveria ou não tomar a vacina e decidido tomar após a resposta dele – no entanto, ele não contou se aconselhou que ela recebesse ou não a dose. “Olha o que aconteceu com minha esposa agora nos Estados Unidos. Veio conversar comigo: ‘Tomo ou não tomo a vacina?’. Dei minha opinião, não vou falar aqui qual foi. Ela tomou a vacina. É maior de idade, tem 39 anos, e sabe o que faz”, disse Bolsonaro. Não ficou claro quando a conversa ocorreu ou se Michelle teria recebido a dose antes da viagem recente aos Estados Unidos. Na live, o presidente apareceu sozinho, já que está em isolamento por ter tido contato com o ministro da saúde, Marcelo Queiroga, que foi diagnosticado com Covid-19.

Bolsonaro ainda contou ter conversado com Michelle sobre a possibilidade de vacinar a filha do casal, Laura, que tem dez anos. “Agora, se for para vacinar a Laura, com 10 anos de idade, aí vou conversar com ela e vamos decidir”, relatou. Por enquanto, não seria possível que a filha do casal fosse imunizada: para os menores de idade no Brasil, há apenas uma vacina aprovada pela Anvisa, a da Pfizer, e somente para a faixa etária entre 12 e 17 anos. A vacinação nesta faixa etária foi retomada após ser suspensa por uma semana pelo Ministério da Saúde.