Bolsonaro diz que mostrou o ‘gigantismo’ da Cultura para Regina: ‘Está propensa a aceitar’

  • Por Jovem Pan
  • 23/01/2020 19h43
Reprodução/TwitterAtriz vai “refletir sobre tudo o que viu e aprendeu” durante os dias de “teste” em Brasília para responder o convite

O presidente Jair Bolsonaro voltou a falar sobre o convite feito à atriz Regina Duarte para assumir a Secretaria da Cultura. Como ele está em viagem da Angola para a Índia nesta quinta-feira (23), a tradicional transmissão ao vivo foi gravada, e o presidente teve a companhia do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas.

Bolsonaro disse que a artista está “propensa a aceitar” e que, no encontro que tiveram nesta quarta em Brasília, ele mostrou o “gigantismo” que é a Secretaria da Cultura. “Tem o equivalente à 13 subsecretarias abaixo dela, são centenas de pessoas”, afirmou.

“Ela está muito bem disposta, com gás e vontade e quer colaborar. Obviamente é uma pessoa equilibrada, vivida, responsável, que está tomando conta do que está acontecendo, do que é a cultura, para poder aceitar ou não, mas tudo indica que sim”, disse o presidente.

Ele declarou, ainda, que Regina “será muito bem vinda” e que não existe “ninguém melhor do que ela para bem desempenhar esta função”.

Atriz vai ‘refletir’

A assessoria particular de Regina informou hoje que ela vai “refletir sobre tudo o que viu e aprendeu” durante os dias de “teste” em Brasília para responder se aceita ou não virar secretária da Cultura do governo federal. A ideia é dar o retorno sobre o convite depois da próxima terça-feira (28), quando Bolsonaro volta de viagem da Índia.

Mesmo sem ter confirmado a sua entrada no governo, a atriz escolheu nesta quinta, como “número 2” da Secretaria Especial de Cultura, a reverenda Jane Silva, atual secretária de Diversidade Cultural da pasta.