Daniel Silveira deve ser solto nesta segunda-feira no Rio de Janeiro

Deputado federal foi preso na quinta-feira, 24, por determinação do ministro Alexandre de Moraes, após ter violado monitoramento eletrônico ao menos 30 vezes e não ter pago fiança de R$ 100 mil

  • Por Jovem Pan
  • 28/06/2021 06h56 - Atualizado em 28/06/2021 10h18
DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDOEm audiência, o deputado federal disse não entender as razões que o levaram de volta à prisão e questionou qual o risco que ele estaria causando à sociedade

O deputado federal Daniel Silveira pode deixar a prisão nesta segunda-feira, 28. Ele está no Batalhão Especial Prisional da Polícia Militar, em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro, desde a última quinta-feira, 24, por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Essa é a segunda prisão do deputado neste ano. Agora, ele foi preso por violar o monitoramento da tornozeleira eletrônica ao menos 30 vezes e por não ter pago uma fiança de R$ 100 mil. A defesa de Silveira apresentou comprovante de pagamento da fiança e vive expectativa de liberação do parlamentar. A audiência de transação penal está programada para acontecer às 16h30 e terá a participação de Moraes. Na audiência de custódia na sexta-feira, 25, o deputado federal disse não entender as razões que o levaram de volta à prisão e questionou qual o risco que ele estaria causando à sociedade. Daniel Silveira afirmou que terá a oportunidade de comprovar que está falando a verdade. O deputado do PSL disse também esperar que nesta segunda-feira seja feita justiça dentro de um Estado Democrático de Direito.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga