Coronavírus para esporte em todo o mundo; veja principais eventos adiados e cancelados

  • Por Jovem Pan
  • 12/03/2020 18h33 - Atualizado em 18/03/2020 19h13
EFE/EPA/ARMANDO BABANIPartida da Liga Europa entre Eintracht Frankfurt e Basel foi disputada sem público

Na última quarta-feira (11), a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou estado de pandemia para o coronavírus. Diante da ameaça da doença, que já atinge mais de 120 mil pessoas em todo o mundo, o esporte entrou em atenção. Um jogador da Juventus e dois do Utah Jazz já testaram positivo para Covid-19. Além do time italiano de futebol, Real Madrid, Arsenal e Leicester, que também disputam a Liga dos Campeões, estão em quarentena.

Mesmo diante do crescimento exponencial do vírus e das medidas de prevenção adotadas pelas federações, o Comitê Olímpico Internacional (COI) manteve o discurso de que os Jogos de Tóquio acontecerão como o previsto. Nesta quinta (12), a chama olímpica foi acesa em uma cerimônia realizada sem público. Ainda não se sabe se o revezamento da tocha, que tradicionalmente acontece às vésperas das competição, fazendo o fogo olímpico passar por todos os continentes, vai ser realizado.

Confira aqui um resumo com os principais campeonatos e modalidades afetadas pela doença.

Futebol

Champions League
Nesta semana, a UEFA já havia determinado a realização de algumas partidas com portões fechados. Nesta sexta-feira (13), suspenderam todas as partidas da Liga dos Campeões da Europa e da Liga Europa. A Eurocopa, marcada para o meio deste ano, também deve mudar. Segundo a imprensa europeia, a Eurocopa pode ser remanejada para 2021.

Além do clube italiano, Real Madrid, Arsenal e Chelsea estão em quarentena após atletas testarem positivo para o vírus.

Campeonatos Nacionais europeus
Foram adiados ou suspensos por algumas rodadas os campeonatos nacionais dos seguintes países: Itália, França Espanha, Itália, Portugal, Japão, Suíça, Holanda, Dinamarca, Irlanda, Grécia, Áustria, Romênia, República Tcheca, Estados Unidos, Colômbia, Coreia do Sul, Eslováquia, China, Bósnia, Irã, Vietnã, Tailândia, Croácia, Inglaterra e Alemanha.

Bélgica, Polônia, Hungria, Ucrânia, Eslovênia, Bulgária, Argentina, Paraguai, Equador, Costa Rica, Marrocos, Argélia, Egito e Emirados Árabes Unidos devem realizar partidas com os portões fechados

Torneios Sul-Americanos
Nesta quinta, a Conmebol confirmou que a Libertadores da América está suspensa por tempo indeterminado. A entidade máxima do futebol no continente também divulgou um comunicado da Fifa informando sobre a suspensão das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo, que deveriam começar no próximo dia 26 e não tem nova data.

O ministro do Esporte da Colômbia, país sede, não descartou mudanças no torneio. Tudo vai depender do que acontecer com a Eurocopa, afirmou.

Ásia
No continente onde houve o epicentro da doença, as Eliminatórias da Copa foram transferidas de lugar, e devem acontecer de portões fechados.

Amistoso
Dois amistosos da seleção espanhola, um contra a Alemanha e outro contra a Holanda também estão sem destino certo. Por hora, a informação é que foram suspensos.

NBA

A maior liga de basquete profissional do mundo sofreu um baque na noite de quarta-feira. O jogador Rudy Gobert testou positivo para o vírus. Em seguida, a organização decretou que todos os jogos seriam suspensos.

Velocidade

Após sofrer pressão da população e dos pilotos para que o Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1, que acontece em Melbourne, na Austrália, fosse cancelado, a FIA decidiu não realizar a prova. A McLaren já havia informado que não participaria da corrida, já que um de seus funcionários contraiu o Covid-19. A organização também confirmou o cancelamento do GP da China, marcado para abril, e anunciou que o GP do Bahrein, no dia 22 de março, deve acontecer sem público.

A MotoGP cancelou as duas primeiras corridas da temporada, no Qatar e na Tailândia. A Fórmula E, que tinha corrida na Ilha de Haianan neste mês, também não deve acontecer.

Tênis

A ATP anunciou o cancelamento de todos os torneios masculinos de tênis até 20 de abril.

Classificatórias para Olimpíadas

Apenas oito das 42 modalidades presentes nos Jogos Olímpicos já fecharam seu quadro de participantes. Quase todos os esportes, portanto, estão envolvidos nos eventos qualificatórios, fato que coloca atletas e federações sob tensão diante da confiança do COI na realização das competições.

Nesta quinta, a Federação Internacional de Natação (FINA) informou que os pré-olímpicos estão atrasados ou indefinidos. Os pré-olímpicos de polo aquático feminino e masculino foram reagendados. As provas de salto, nado sincronizado e eventos-teste de natação ainda aguardam uma decisão. O Sul-Americano de Esportes Aquáticos, que aconteceria em Buenos Aires, foi suspenso.

O Pré-Olímpico de Boxe também aconteceria na capital argentina, em 27 de março. As provas não tem data para começar. As Eliminatórias da Asia e da Oceania para a modalidade mudaram de locação. Todas as lutas que seriam na China foram transportadas para a Jordânia.

O Mundial Indoor de Atletismo, que estava agendado para março, foi transferido para 2021. As provas de corrida de rua também foram afetadas. As maratonas de Hong Kong e Seul, e a Meia Maratona de Paris foram canceladas. A maratona de Barcelona deve acontecer em outubro.

O judô, onde o Brasil é destaque, já anunciou que todos os torneios que valem pontuação para o ranking olímpico até o dia 30 de abril estão cancelados.