River Plate tem pedido rejeitado pela Conmebol e deve usar jogador de linha como goleiro

Desta forma, segundo os jornais da Argentina, o técnico do time deverá colocar o lateral Milton Casco, de 1,70m, como arqueiro na partida contra o Santa Fé, válida pelo Grupo E da Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 18/05/2021 17h32 - Atualizado em 18/05/2021 19h14
EFE/ Silvia IzquierdoRiver Plate e Fluminense empataram em 1 a 1 na Libertadores

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) rejeitou o pedido do River Plate para inscrever mais dois goleiros na Copa Libertadores da América em meio ao surto de Covid-19 no clube, que afetou os quatro arqueiros relacionados para a competição, além de mais 21 jogadores de linha. De acordo com os veículos de imprensa argentinos, a entidade não deixou o time de Marcelo Gallardo inscrever mais nenhum atleta e, desta forma, terá apenas 10 jogadores à disposição para a partida diante do Independiente Santa Fé (COL), nesta quarta-feira, 19, no Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, pela quinta rodada da fase de grupos.

Desta forma, segundo os jornais da Argentina, o técnico do River deverá colocar o lateral Milton Casco, de 1,70m, como goleiro na partida válida pelo Grupo E, que tem também Fluminense e Junior Barranquilla (COL). A imprensa argentina cita outras opções que Gallardo tem para escalar como goleiro, como os zagueiros Jonatan Maidana e Tomás Lecanda e o meia Jorge Carrascal. No entanto, Casco costuma jogar na posição nos treinos recreativos. Os “Millionários” tinham a opção de inscrever até 50 jogadores para a Libertadores, mas o clube preferiu relacionar um número bem menor. Agora, Gallardo espera recuperar o volante Enzo Pérez e o zagueiro Pinola, ambos lesionados, a tempo da partida contra o Santa Fé. De acordo com o regulamento da Conmebol, o time pode disputar a partida com, no mínimo, sete jogadores em campo.

Até o momento, estes são os jogadores à disposição para Gallardo:

Defensores: Fabrizio Angileri, Jonatan Maidana, Héctor Martínez, Milton Casco, Tomás Lecanda, Felipe Peña Biafore.
Meio-campistas: Jorge Carrascal e José Paradela.
Atacantes: Julián Álvarez e Agustín Fontana.