Qual a importância da água para o corpo e quanto é preciso beber por dia?

Ela é fundamental para a sobrevivência dos seres vivos e representa entre 50% e 60% do peso total de um humano adulto; saiba como calcular a quantidade adequada para consumo diário 

  • Por Lívia Zanolini
  • 15/01/2021 15h10 - Atualizado em 15/01/2021 16h07
Pixabay/GSquareEspecialistas de saúde alertam que o ideal é não esperar sentir sede, já que ela é um dos sinais de que o corpo já está iniciando um processo de desidratação

Todos os seres vivos, dos mais simples aos mais complexos, precisam de água para sobreviver. No caso do ser humano, ela representa entre 50% e 60% do peso total de um adulto. E mais do que simplesmente manter o organismo hidratado, a água melhora a circulação sanguínea, auxilia no transporte dos nutrientes e eliminação de toxinas, ajuda a regular a temperatura corporal, facilita o processo de digestão, estimula o bom funcionamento do intestino, contribui para o equilíbrio dos sistemas hormonal e imunológico, evita a formação de pedras nos rins, além de ajudar no emagrecimento e na manutenção de uma pele saudável. Mas para aproveitar todos esses benefícios é preciso se hidratar na quantidade certa. Nutricionistas recomendam uma conta simples que ajuda a encontrar o volume ideal de água que deve ser consumido por dia: é só multiplicar cada quilo corporal por 35 mililitros (ml).

Imagine uma pessoa que tenha 60 quilos. Ao multiplicar 60 por 35, o resultado são 2.100 mililitros, ou 2,1 litros. Isso significa que é recomendável que uma pessoa de 60 quilos beba mais de 2 litros de água por dia. Já uma pessoa de 90 quilos, segundo esses cálculos, deveria ingerir mais de três litros diariamente. Embora o peso seja um fator muito importante para determinar o volume ideal de água para cada um, é preciso levar em consideração outras variáveis. Metabolismo acelerado, consumo de álcool, prática intensa de atividades físicas, além de fatores externos, como o clima mais seco, por exemplo, podem fazer com que seja necessário beber mais água do que em condições normais. Especialistas de saúde alertam que o ideal é não esperar sentir sede, já que ela é um dos sinais de que o corpo já está iniciando um processo de desidratação. Ou seja, procure se hidratar com frequência. A dica é manter sempre uma garrafinha de água por perto. Tá explicado?

Gostaria de sugerir algum tema para o programa? É simples. Encaminhe a sugestão para o e-mail online@jovempan.com.br e escreva Tá Explicado no assunto. Participe!