Bronze épico no tênis, classificação no futebol e derrota no judô: Veja o resumo do 10º dia das Olimpíadas 

Entre a noite de sexta-feira e a manhã deste sábado, Martine Grael e Kahena Kunze entraram de vez na briga pelo ouro na categoria 49er FX feminino da Vela, enquanto o atletismo brasileiro colecionou eliminações; confira

  • Por Jovem Pan
  • 31/07/2021 15h00 - Atualizado em 31/07/2021 17h11
Reprodução/Twitter/@timebrasilLaura e Luisa foram medalha de bronze no tênis de duplas nas Olimpíadas de Tóquio

A inédita medalha de bronze conquistada por Laura Pigossi e Luisa Stefani foi o ponto alto do esporte nacional no 10º dia das Olimpíadas de Tóquio. Fora dos holofotes, as brasileiras venceram as russas Elena Vesnina/Veronika Kudermetova por 2 sets a 1 (4/6, 6/4 e 11/9) com uma virada heroica – inclusive no tie-break, e ficaram na terceira posição nas duplas femininas, fazendo com que o tênis brasileiro subisse ao pódio pela primeira vez na história dos Jogos Olímpicos. Além disso, o Brasil comemorou resultados importantes, como a vitória da seleção masculina de futebol diante do Egito, que garantiu a vaga na semifinal, além do triunfo com autoridade do time feminino de vôlei sobre a toda poderosa Sérvia. Entre a noite de sexta-feira e a manhã deste sábado, Martine Grael e Kahena Kunze entraram de vez na briga pelo ouro na categoria 49er FX feminino da Vela, e Wanderson Oliveira se juntou ao grupo de pugilistas brasileiros que estão perto de uma medalha. Por fim, Bruno Fratus confirmou o favoritismo e carimbou sua vaga na decisão dos 50 metros livre na natação.

Nem só de festas viveu a delegação brasileira neste décimo dia de Jogos de Tóquio. Candidato ao pódio na disputa por equipes no judô, o Brasil sofreu derrotas para Holanda e Israel, fechando o último dia do esporte sem medalha – vale lembrar que Mayra Aguiar e Daniel Cargnin foram bronze nesta edição. No handebol feminino, a seleção perdeu para a Suécia e viu a situação se complicar na penúltima rodada da fase de grupos. No tiro com arco, Marcus D’Almeida encerrou a participação histórica do país na modalidade sendo eliminado nas oitavas de final. Já no atletismo, o Time Brasil colecionou desclassificações, tendo apenas Thiago Braz, do salto com vara, Paulo André, dos 100 metros, e Izabela da Silva, do lançamento de disco, como exceções.

Confira AQUI o quadro de medalhas em tempo real